Checklist: Tudo que você precisa saber sobre Inversor de Frequência

Inversor de frequencia macrotec

Se você quer saber sobre o universo da automação industrial, vocês está no lugar certo.
No blogpost de hoje, vamos falar sobre Inversor de Frequência. O que é, seus benefícios e muito mais. Acompanhe abaixo.

 

1- O que é Inversor de Frequência?

 

Primeiro, é importante falar o por que o inversor de frequência recebe esse nome. O mesmo é nomeado assim pela maneira que ele faz a variação de giro do motor trifásico.

O inversor de frequência é um dispositivo eletrônico capaz de variar a velocidade de giro de um motor de indução trifásico (um tipo de motor elétrico que funciona a partir de dois gigantes campos magnéticos). Ele transforma a corrente elétrica alternada fixa (corrente e tensão) em corrente elétrica CA variável, controlando assim a potência consumida pela carga através da variação da frequência entregue pela rede.

O inversor de frequência tem como principal função alterar a frequência da rede que alimenta o motor, fazendo com que o motor siga frequências diferentes das fornecidas pela rede, que é sempre constante. Desta forma pode-se facilmente alterar a velocidade de rotação do motor com mais eficiência.

 

2- Vantagens do Inversor de Frequência

 

Como já falamos, o inversor atua mudando esta frequência na entrada do motor. O uso de um inversor de frequência proporciona uma série de vantagens. Além de  como explorar o funcionamento do motor e condições não descritas nas suas características construtivas, a utilização do inversor de frequência proporciona flexibilidade de velocidade com mais segurança e precisão. 

Com isso, é possível, por exemplo, controlar a velocidade do motor e a frenagem direta sem a necessidade de freios mecânicos, além de diversas formas de programação que podem ser feitas de acordo com a necessidade da indústria. 

Veja outros benefícios da utilização do inversor de frequência são:

  • Substituição de variadores mecânicos e eletromagnéticos;
  • Automatização, segurança e flexibilidade em processos industriais;
  • Instalação simples;
  • Diminuição de choques mecânicos na partida do motor;
  • Precisão e processos;
  • Menos intervenção humana;

Diante disso, nota-se que uso do inversor de frequência é responsável por uma série de vantagens, tudo isso com precisão de movimentos.

Além de todas essas vantagens, ele tem um ótimo custo-benefício, pois proporcionam economia de energia elétrica e uma maior durabilidade de engrenagens, polias e outros componentes mecânicos.

 

3- Como funciona o Inversor

 

O inversor de frequência possui alguns estágios em seu funcionamento. 

O primeiro estágio é onde chegam as fases vindas da rede elétrica, que são convertidas em um sinal de corrente contínua, por meio de uma ponte retificadora de onda completa com dois diodos conectados a cada fase.

 

inversor de frequencia

 

Posteriormente, o outro estágio do sistema é o barramento de corrente contínua, em que existem capacitores de filtro em paralelo e uma indutância em série, responsáveis por filtrar o sinal pulsante. Assim, o sinal pulsante torna-se contínuo, com uma ondulação mínima.

 

inversor de frequência macrotec

 

4- Onde é utilizado o Inversor

 

São diversas as aplicações dos inversores de frequência. Na indústria por exemplo são utilizados em diversos tipos de maquinários, como esteiras transportadoras, rotuladoras, tanques resfriadores de leite, bobinadeiras, ventiladores e muitas outras.

 

inversor de frequência macrotec

 

Sendo assim, concluímos que o inversor é um importante dispositivo utilizado nos projetos de automação industrial que tem como foco melhorar a produção reduzindo gastos e evitando quebras no maquinário com sua utilização.

 

Ficou interessado no assunto e em todas as vantagens que são oferecidas pela automação industrial? Entre em contato conosco, temos uma equipe especializada para entender suas necessidades e te atender da melhor forma possível.

Baixe Grátis nossa Planilha de Eficiência Energética com Inversor de Frequência, clique no botão abaixo:

Deixe um comentário