Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio (SDAI)

macrotec SDAI

O Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio (SDAI) tem a função de propiciar a identificação imediata da fase inicial de incêndios em qualquer das zonas de proteção estabelecidas e executar através de equipamentos de alta sensibilidade e tecnologia as sequências de detecção do incêndio em sua fase inicial.

O sistema de segurança deve, antes de qualquer coisa, ser inteligente e sensível para que possa operar de forma segura e integrada a uma rede de centrais de incêndio que compreende os detectores de fumaça, de aspiração, acionadores manuais, sinalizadores e módulos de controle.

Componentes do Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio

Os Sistemas de Detecção e Alarme de Incêndio são compostos de alguns elementos básicos:

  • Central de Alarme e Detecção;
  • Detectores;
  • Acionadores Manuais;
  • Sinalizadores;
  • Módulos de entrada e saída.

Entre os equipamentos do SDAI, a central de alarme é o principal, uma vez que ela coleta as informações da situação dos detectores, ativando os sinalizadores no caso de qualquer situação de emergência. 

Além disso, também é o instrumento que analisa todo o sistema, verificando se há falhas na instalação, como cabeamento rompido, curtos-circuitos ou qualquer anormalidade, mantendo todo o ambiente protegido.

Qual a importância do SDAI?

O sistema de detecção e alarme de incêndio é extremamente importante para garantir a segurança e prevenção contra incêndios em diversos locais, principalmente em lugares com grande circulação de pessoas, pois, em muitos casos, o fogo pode se espalhar rapidamente exigindo evacuação imediata. 

Portanto, o objetivo da instalação de sistemas de incêndio é garantir que, ao menor sinal de fogo ou fumaça, os responsáveis sejam comunicados para tomar as devidas providências a tempo, minimizando assim prejuízos e tragédias maiores.

Benefícios do sistema de detecção de incêndios

Como falado acima, o principal benefício de um sistema de detecção e alarme de incêndios ⎯ SDAI ⎯  é o de preservação das vidas presentes no local. Afinal, no momento em que o alarme é acionado, as pessoas devem ser orientadas a evacuar a edificação o mais rápido possível para que as devidas providências sejam tomadas.

Além das vidas, o sistema também contribui para a preservação dos bens materiais, já que a brigada de incêndio pode tomar as primeiras providências antes que o fogo se espalhe. Em vários casos, o fogo é extinto antes mesmo que seja necessário aguardar pela chegada do corpo de bombeiros.

Diante disso, vamos pontuar algumas da principais vantagens da implantação do SDAI na sua empresa:

  • Preservar vidas que circulam nos locais onde o SDAI está em operação
  • Preservar o patrimônio que esteja alocado sob a proteção do SDAI
  • Antecipar as ações da brigada de incêndio e evacuações
  • Reduzir custos com seguros (residencial, empresarial, de mercadorias, etc.)

O que pode acontecer se sua empresa não tiver um SDAI?

A tecnologia dos sistemas de detecção e alarme de incêndio é uma das que mais têm evoluído dentro da área de segurança contra incêndios. Com isso, devido à sua grande importância na proteção da vida humana e diminuição de perdas materiais é essencial o investimento.

Em alguns tipos de empresas, a legislação exige que o SDAI seja instalado para permitir o funcionamento de suas atividades. A norma que rege os SDAI é a NBR-17.240, criada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). 

Ao optar pela não instalação do sistema de detecção e alarme de incêndio, você está colocando em risco a vida dos colaboradores da sua empresa e também todo o seu patrimônio presente ali.

Tragédias podem ser evitadas mas infelizmente não podem ser previstas e para a prevenção de danos maiores causados por incêndio a solução é a instalação do SDAI. 

Para uma instalação correta é necessário elaborar um projeto conforme análise prévia dos locais e as normas regulamentadoras. Essa parte você consegue resolver tendo uma boa empresa ao seu lado. Clicando aqui você poderá conversar mais com a nossa equipe e saber como podemos te ajudar nesse processo..

Equipamentos e sistemas de detecção

O sistema de incêndio é composto por diversos equipamentos. Na parte de detecção, os mais utilizados são os detectores de fumaça e de temperatura, que acionam o alarme automaticamente. Ainda relacionados à parte preventiva, temos os acionadores de alarme manual, por alavanca ou quebra-vidros, dupla ação, além das sirenes e luzes emergência.

Vamos detalhar esses equipamentos aqui:

Detectores de incêndio

Detectores de incêndio são dispositivos que avaliam as condições do local e podem ser de dois tipos: Classe A e Classe B .

  • Fumaça: Equipamento destinado para identificar fenômenos físicos ou químicos que acompanham um princípio de incêndio no ambiente em que está instalado
  • Temperatura: Dispositivo para identificar variações bruscas de temperaturas no ambiente.
  • Chama: Equipamento destinado a detecção de chamas. Uma chama é uma fonte de luz com características diferenciadas que facilitam sua detecção. 

Acionadores de alarme manual

O acionador manual de alarme de incêndio, é um dispositivo de prevenção e combate a incêndio. Fixado na parede de ambientes de uso comum, o acionador atua principalmente na detecção do princípio de incêndio por meio da interação humana.

Conclusão:

É importante que você solicite a inspeção do corpo de bombeiros no local onde sua empresa funciona, seja ele alugado ou próprio. 

A partir da análise de riscos, você receberá uma série de recomendações para garantir a total proteção do seu patrimônio contra incêndios. O passo seguinte seria atuar em cima dessas recomendações, providenciando as mudanças necessárias..

Então, gostou do nosso conteúdo? Quer saber mais? Conte com uma empresa que possa auxiliar e te entregar as melhores soluções neste caso.

Quer falar mais sobre esse assunto? Clique no botão abaixo e entre em contato conosco.

Deixe um comentário